Dica de filme #3: A Pele que Habito (La Piel que Habito)

capa a pele que habito

Olá queridos, como vão?

Hoje a dica de filme é das pesadas!!!! Não posso dizer nada sobre o enredo, só dizer que é ÓTIMO e é o grande lance do filme. É um filme de suspense e drama, não aconselho para menores de idade, é muito intenso. Quando assisti fiquei até o dia seguinte chocada hahahahhaha. NÃO vá atrás da sinopse, isso vai atrapalhar seu filme, esse em especial.

Quando eu vi essa imagem acima, eu sabia que eu ía amar o filme. Eu sou assim, vejo a fotografia do filme e sinto se eu vou gostar ou não, pouquíssimas vezes errei!

Veja o trailer, sempre trago os legendados se possível! Para ver as outras dicas de filme clique aqui

2011. Direção: Pedro Almodóvar. Roteiro: Pedro Almodóvar, Agustín Almodóvar e Thierry Jonquet.

Elenco: Antonio Banderas, Elena Anaya, Marisa Paredes, Jan Cornet, Roberto Álamo, Blanca Suárez, Eduard Fernández, José Luis Gómez, Susi Sánchez e Bárbara Lennie.

Premiações: Indicado na categoria Melhor Filme Estrangeiro no Globo de Ouro 2012, premiado melhor filme estrangeiro no BAFTA 2012, ganhou o Prêmio da Juventude e foi indicado a Palma de Ouro no Festival de Cannes 2011, e ganhou como Melhor Filme Estrangeiro Saturn Award 2011.

Bom filme!! Não esqueçam de assistir com o áudio original e não aconselho para menores, ok? Não é regra, mas acho que existem coisas que só o tempo dá de amadurecimento e entendimento na vida (alô? você só tem 21 anos! Não sabe de nada, inocente!)… talvez um adolescente veja, mas não desfrute tudo o que o filme (ou qualquer coisa) tenha para dar.

Beijinhos

Dica de filme #2: Ela (Her)

tumblr_mxtn1uO7411seyhpmo1_1280

Oi pessoal, hoje venho com outra dica, e esse filme me deixou meio confusa. Eu pensei em tanta coisa… eu fui atrás do filme porque vi num canal japonês (NHK) que comentou sobre esse filme, mostrou trechos e disse que o protagonista se apaixonava por um sistema operacional inteligente. Na hora fui ver o que era. E pensei “que absurdo!” Mas, aí você vai assistindo o filme, e não fica tão absurdo assim… eu talvez não ficaria falando fora de casa, correndo, girando por aí falando “sozinha”, mas o enredo se constrói de forma que você entende o sentimento do protagonista.

Eu lembro que teve uma notícia há anos atrás de um carinha que tava trepando com o seu cachorro. E sinceramente isso foi meio estranho. E não é que ele tava pegando o cachorro não, o cachorro que tava pegando ele. Aí linkei as coisas com esse filme. Que podemos criar laços afetivos com qualquer coisa. Não estou dizendo laços sexuais kkkk. Temos afetos com animais, sendo que nós não entendemos de verdade o que eles dizem, temos ciúme de certos objetos nossos, criamos relações platônicas com pessoas distantes que nem conhecemos, ou até de personagens. O sentimento existe, e sinceramente, o filme chocou pelo fato de não ter um corpo representando o sistema. O tempo não é o mesmo, não existe massa, não existe nada palpável. Sei lá, lógico que não é a mesma coisa comparar o sexo entre o sistema operacional com um ser humano, e um ser humano que faz uma “homenagem” a um(a) ídolo, mas fisicamente é igual. É só a pessoa ali, com seus estímulos, sua imaginação. Amei a melhor amiga dele. Ela não julga, tá sempre lá e entende ele ❤

Obs: Não trepo com animais, com o Windows, não faço homenagens, nada disso. OK? Gosto de pessoas, seres humanos, bem humanos por sinal. Só pra deixar claro!! Hahahahahaha

Her-716403893-large

2013. Direção/Roteiro: Spike Jonze.

Elenco: Joaquin Phoenix, Amy Adams, Rooney Mara , Olivia Wilde , Scarlett Johansson (voz), Chris Pratt, Matt Letscher, Sam Jaeger, Luka Jones, Kristen Wiig, Bill Hader , Spike Jonze, Portia Doubleday, Soko e Brian Cox.

Premiações: Venceu como melhor roteiro no Oscar 2014, Golden Glonbe Awards 2014 e Critics’ Choice Movies Awards 2014.

Trailer:

 

Espero que tenham curtido a dica de hoje, e bom filme 😀

Beijinhoss!

Especial Dia dos Namorados: Dica de três filmes sobre Amor

collage

Outro post especial para o dia dos namorados. Eu mesma não namoro. Mas, fica a sugestão para os pombinhos, e para os livres de plantão também, pois um bom cinéfilo não precisa de companhia pra assistir um filme. E principalmente, esses que eu estou recomendando são excelentes! Não são aqueles filmes mela-mela sem sentido, iguais a todos. Esses, pra mim, representam bastante o quão forte é o sentimento Amor.

Não acredito em sinopses. Vários já me enganaram, eu não dei a menor bola, e quando eu assisti, fiquei pasma com a beleza do filme. Então eu recomendo assistir os trailers, ver a capa do filme (fotografia), pesquisar sobre o diretor, a atriz/ator e etc. Não me considero cinéfila (isso seria muito injusto para os que são), mas eu gosto de filme bom. Isso pra mim quer dizer um trabalho que nos passe um conteúdo, um sentimento, que seja bem feito, com a fotografia bonita, trilha sonora bem escolhida. Odeio filmes que foram feitas como se fosse entretenimento. Isso é como se fosse compor uma música para propaganda (há excessões. tem propaganda boa), uma coisa comercial. Filme é arte, e então, não há sentido se você não passar nada com ele. Vocês não precisam concordar comigo, mas é essa minha opinião, e por isso, nunca no blog terá alguma sugestão de filmes, músicas, artes em geral que eu realmente não goste (ou seja, precisam passar por todos esses requisitos citados acima). Óbvio que esse post é um pouco mais romântico, porque é o dia dos pombinhos, mas mesmo assim há filmes românticos bons. Certo? Então, não há sinopse nenhuma. Eu vou postar a capa, o trailer, e as informações do elenco. Não está em ordem de preferência!

1. Sentidos do amor (Perfect Sense)

Imagem

Drama. Ano: 2011. Direção: David Mackenzie. Roteiro: Kim Fupz Aakerson

Elenco: Eva Green, Ewan McGregor, Ewen Bremner, Stephen Dillane, Connie Nielsen, Denis Lawson.

2.  O curioso caso de Benjamin Button

button

Drama/Romance/Fantasia. Direção: David Fincher. Roteiro: Eric Roth

Elenco: Brad Pitt, Cate Blanchett, Taraji P. Henson, Julia Ormond, Jason Flemyng, Jared Harris, Tilda Swinton.

Curiosidade: A doença existe, claro que o filme exagerou um pouco e interpretou os sintomas de forma drástica, mas a pessoa envelhece cerca de 7x mais rápido e se chama Síndrome de Huntchinson-Gilford.

3. Uma Lição de Amor (I am Sam)

Gente, esse amor não é de namorados. Mas, é incrível. Assistam!

23p94585022

Drama. Direção: Jessie Nelson. Roteiro: Kristine Johnson e Jennie Nelson.

Elenco: Sean Penn, Michelle Pfeiffer,Dakota Fanning, Dianne Wiest, Loretta Devine, Richard Schiff, Laura Dern.

Se vocês forem assistir, recomendo que seja com áudio original e legenda! Tem muita dublagem mal feita, e estraga todo o filme.

Vou postar mais filmes depois, fiquem no aguardo!

Beijos da Ariã 😀